Novidades

revelação

O Apocalipse ontem e hoje.

O livro do Apocalipse enquanto paradigma (referencia) serve-nos de inspiração e esperança em meio as perseguições quando se trata da fidelidade a Jesus de Nazaré. Não é tanto pelo seu conteúdo “profecia” para o “futuro”, não, não se trata disso. É que, como foi escrito em contexto de perseguição e para os perseguidos, ele alimenta aquele espirito cuja vida somos levados a assumir até as últimas consequências quando se trata do seguimento e testemunho de Jesus, em meio a situações adversas de injustiças e opressão, e de supressão do direito à vida e a dignidade [ Continue lendo]

Apocalipse – II: Conteúdo do livro.

  Após nossa introdução ao livro do Apocalipse (Apocalipse -I), apresentamos agora, de modo geral, o conteúdo do livro. Nesse artigo, nos valemos da obra do autor renomado Werner Kümmel.             “Depois da introdução no cap. 1, o Apocalipse é dividido em duas partes principais formalmente distintas: os cap. 2 e 3 são palavras de exortação dirigidas à igreja na época do escritor (as chamadas sete cartas); os cap. 4 a 22 revelam o futuro. É esta a segunda parte principal que abrange quase três quartos do livro inteiro e que possui um sentido estritamente [ Continue lendo]

Apocalipse – I: Início de conversa.

Caro leitor, com esse artigo iniciaremos uma série de reflexão e explicação do livro do Apocalipse, atendendo assim, as muitas solicitações de nossos leitores e internautas.                 Para muitos de nós, o livro do Apocalipse, é cheio de surpresas. Nele está contido o fim do mundo; ele descreve um futuro sombrio, de medo, de tragédia, de dor, de sofrimento, de destruição e morte. É o que muitos afirmam após uma leitura superficial ao pé da letra. É um livro terrível que se impõe com autoridade (não mudará uma virgula do que está escrito…e ai de [ Continue lendo]

Aparições e Revelações.

Aparições e revelações é algo comum nas religiões mistéricas. Desde os tempos mais remotos que homens e mulheres registraram experiências sensitivas dando à elas algum valor que de algum modo interfere na vida de pessoas, grupos e povos. Na religião judaico-cristã essa realidade também existe e tem uma outra conotação. Sobre isso, abordamos neste artigo, e que, fundamenta-se no subsidio doutrinal da CNBB: “aparições e revelações particulares (Paulinas 1990)”             Na tradição de matriz Católica Romana aparições e revelações particulares são [ Continue lendo]

O Espírito Santo: Seus dons e frutos.

Espírito Santo é o nome próprio da terceira Pessoa de Deus. À Ele, como também ao Pai e o Filho, prestamos culto de adoração e o servimos por toda a vida. Conhecemos o Espírito Santo através de sua ação no mundo, na igreja e na vida dos crentes que ao ouvir-lhes o sussurro, age por sua ação comedida. O termo “Espírito” traduz o termo hebraico “Ruah” que está associado a sopro, vento. Em grego o termo é “Pneuma” cujo sentido também está associado a “espírito” e por isso mesmo, ao vento, o ar em movimento. O Espírito Santo nas Escrituras nos é apresentado [ Continue lendo]

A Revelação Divina

Introdução geral             A Revelação divina de Deus aos seres humanos na tradição ocidental judaico-cristã aconteceu dentro de um processo que se estende por um período de mais de dois mil anos. Primeiro, na tradição judaica ele revela-se como Um, o Único, o Presente, o Eterno e Transcendente que está na História do Povo. No entanto, quanto a sua natureza e o significado dela só foi compreendida em sucessivas etapas até chegarmos à compreensão que temos hoje. A revelação aconteceu de modo prático, ou como costumo dizer, alegoricamente, foi um “corpo a [ Continue lendo]

Deus existe, é real!

Mas em que consiste? Nada sabemos, a não ser daquilo que foi conservado pela Igreja e é doutrina de fé. Deus é real. Existe. Ele próprio é a Origem das origens. Sua Natureza é de ordem diferente de tudo o que existe e mesmo assim, nos é próximo, amoroso, cuidadoso e axial. Nada do que existe ou venha existir lhe é igual ou semelhante em natureza. Ele é único e como disse a Origem de toda origem. Não existe nada antes dele, acima dele, abaixo dele, a frente dele, superior a ele ou em essência como ele ou com ele. Ele é único. Totalmente Diferente, totalmente Outro, totalmente [ Continue lendo]

Êxodo: fato histórico, relato de fé, constituição de um povo (introdução ao Êxodo)

            Os textos  do “êxodo” são textos escritos numa época em que os fatos já se tornaram uma “epopéia nacional” e que são frutos de uma releitura e experiência única: a salvação realizada por Javé. O fato histórico aconteceu numa escala de grau bem menor do que vemos em filmes e se diz por ai, dentro de uma leitura ao pé da letra. O que temos no livro sagrado é um testemunho de fé e interpretá-lo doutro modo é no mínimo faltar com a verdade e com respeito ao mesmo. O texto é fruto de sucessivas releituras em contextos diversos até chegar ao texto [ Continue lendo]