Novidades

Roteiro de Reuniões para Grupos de Jovens

Liderança2 Esse roteiro é para ajudar o grupo a dar início e pegar costume, criar uma rotina e saber o que fazer, durante as suas reuniões. Não é obrigado fazer tudo ou só do jeito que está aqui. Porém é necessário ter alguns elementos indispensáveis e até “obrigatório” nas reuniões, são eles: a oração inicial e final; um tema para ser debatido, estudando, refletido e depois fazer algo a partir dele; um momento de convivência (= conversas, gestos afetivos normal, humor, brincadeiras leves sem desagradar ninguém); atividades dentro ou fora da reunião. Isso é um mínimo que se possa ter.  

Dentro dessa expectativa ensaiamos o seguinte roteiro e sugestão:

  1. Acolhida (convivência, alguma dinâmica)
  2. Oração inicial (um canto, ou um salmo, ou outra oração, principalmente ao Espírito Santo)
  3. Tema (colocar o tema para ser discutido, com dinâmicas, do jeito que o grupo preparou…)
  4. Atividade (Que pode está ligada ao tema ou alguma atividade como: brincadeira, filme, pequeno lazer, dama, dominó, ping-pong.) Essa atividade pra ser feita na reunião do grupo agora.
  5. Compromisso (ver e preparar alguma atividade a ser realizada no grupo, ou na comunidade ou fora dela. Ex. visita aos doentes, visita à favela, a casa dos pobres, etc)
  6. Oração final (que fica por conta da criatividade e inspiração do grupo, conforme o tema)

 

O ideal é que pudesse organizar um calendário mensal das atividades da seguinte maneira:

  1. No 1º Sábado (ou domingo): O encontro seria sobre um tema a ser debatido;
  2. No 2º Sábado: O encontro seria de espiritualidade, nesse caso, poderia se fazer uma Visita ao Santíssimo, ou Reza do Terço, ou Momento de Oração;
  3. No 3º Sábado: O encontro seria um lazer. Nesse caso, ir a uma pizzaria, assistir um filme, ir ao cinema, tomar banho de piscina, ir passar o dia num sítio, passear no shopping;
  4. No 4º Sábado: O encontro ficaria por conta de alguma atividade na comunidade, como: visita à favela, visita aos doentes (combinar com os ministros da eucaristia), visitar os hospitais, arrecadar alimentos para doação, fazer um teatro para os jovens, etc;
  5. No 5º Sábado: O encontro seria de leitura coletiva, ler algum livro sobre jovens, jornais, revistas, e tirar um trecho deles para conversar, formar uma opinião comum

É importante dizer que, algumas dessas atividades seriam feita durante o dia ou no sábado ou no domingo e nesse caso, não haveria a reunião normal (da noite, como de costume, se é que se reúnam a noite) por que ela já contaria como reunião.

A reunião com sua atividade normal poderiam ser realizadas por dupla, quando se fala da reunião normal. Nesse caso, para cada reunião teria uma equipe responsável para conduzir a reunião.

As atividades extra devem acontecer com a ajuda, cooperação e participação de todos, sob a coordenação dos coordenadores do grupo. Ao final é bom que se faça uma avaliação para melhorar e corrigir as próximas atividades. A avaliação não é para ver quem errou ou quem acertou, mas para ver o que foi bom e o que poderia ser melhor.

É interessante que juntos estejam/assistam a santa Missa aos domingos. Rezar pelos jovens, pelas associações que trabalham com os jovens, rezar pelos jovens que estão em situação de risco, nas drogas, referem do trafico, etc.

Bom seria também, que vezes outra, pudessem realizar reunião extra nas casas dos próprios participantes do grupo. É propicio para isso, o mês de maio (quando se reza o terço em família), o mês de agosto (quando se rezar sobre as vocações), o mês de setembro (quando se estuda sobre a bíblia), o mês de outubro (quando se reza sobre as missões). Alias, esses meses também tem atividades não só nas famílias mas também na comunidade e bom seria se todos possam se engajar.

Tudo que aqui, foi sugerido é para dar um passo na formação e continuidade do grupo de jovem.

Deixe uma resposta