Novidades

Olhar Sinótico: As mulheres no sepulcro

23 de junho de 2016 // 0 Comments

Por: Sebastião Catequista Nossa leitura da perícope das mulheres no sepulcro quando da morte do Senhor e sua ressurreição tem como demostrar a riqueza sinótica quanto aos fatos, numa releitura de fé. A ressurreição não constitui um fato nos moldes da concepção da história moderna e muitos menos se pode provar diretamente seus indícios, a não ser pela forma indireta com o olhar da fé. A ressurreição é um dado de fé que não é perceptível à razão e sim à fé, e essa mesma fé, interfere na história criando e recriando a história. Não é assim, por exemplo, a [ Continue lendo]

Olhar Sinótico: Transfiguração

19 de junho de 2016 // 0 Comments

Por: Sebastião Catequista O texto da transfiguração do Senhor na tradição de Mateus está ligado aos eventos anteriores, onde em diálogo com os discípulos, Jesus lhe fala das condições do seguimento, e do anúncio da paixão, o primeiro anúncio (Mt 16,21-23). Desse modo, a perícope estudada já de antemão dar uma ideia da mensagem: revelação de Jesus como o enviado de Deus e superador das tradições (lei e profecia) judaicas contemporânea ao mesmo tempo que cumpre o espirito da mesma. Então, o que vemos em Mateus? Mateus, já no início, assim com Marcos e Lucas, liga esta [ Continue lendo]

Olhar Sinótico: Primeira Multiplicação dos Pães

12 de junho de 2016 // 0 Comments

Texto: Bíblia Pastoral Online Por: Sebastião Catequista Os evangelhos Sinóticos têm em comum o episódio da multiplicação dos pães. Segundo Mateus e Marcos, há em seus escritos dois relatos do mesmo fato (Mt 14, 13-21 e 15,32-39; e Mc 6,30-44 e 8,1-10), porém, com olhares e enfoques diferentes, conforme a teologia de cada evangelista e o contexto eclesiológico de seus ouvintes e destinatários. Aqui, tecemos algumas notas de reflexão sobre o que comumente é conhecido como “primeira multiplicação dos pães”.             Em Mateus, após a prisão de João Batista [ Continue lendo]

Olhar sinótico: A vocação dos discípulos

29 de maio de 2016 // 0 Comments

             Por: Sebastião Catequista O relato do chamado dos discípulos nos evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas) não só conta a história de como os primeiros seguidores do Senhor começaram a segui-lo, mas também nos remete a realidade das comunidades para as quais foi escrito. No relato há claramente duas realidades simultâneas como testemunho e apelo para o leitor se decidir por Jesus. Aliás, quando o Senhor vem ao nosso encontro, não somos nós que O escolhemos, mas é Ele que toma a iniciativa, e nos escolhe por primeiro.             Para os [ Continue lendo]

Evangelhos Sinóticos

3 de abril de 2016 // 0 Comments

Por: Sebastião Catequista Introdução:               O que é “evangelho” e o que são os “evangelhos sinóticos”? Evangelho é uma palavra grega “euanggelion” que significa “boa notícia”, “boa nova”. “Evangelhos” de outro modo, no plural, designa os livros de Mateus, Marcos, Lucas e João. Entretanto, o termo “evangelhos sinóticos” designa apenas os evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas. São chamados assim, pelas semelhanças dos textos uns dos outros, mas que diferem pela sua teologia peculiar a cada evangelista. E sinótico? A palavra vem da [ Continue lendo]

Ôh! Noite santa e bendita em que nas trevas resplandece a luz!

27 de março de 2016 // 2 Comments

A Igreja em todo mundo canta unida o seu Senhor nesta noite santa em que da morte Ele passou à vida. É páscoa do Senhor! Assim creem os cristãos, assim dão testemunho pelo mundo; e no cotidiano da vida nessa fé renovam as esperanças e têm forças para superar obstáculos e desafios, porque o Senhor da vida é nossa Vitória. Nesta noite Santa, céus e terra se encontram numa linda poesia cantando a vida em seu sentido e significado mais profundo para a Existência. Nesta Noite Santa, fazemos memória da páscoa judaica e cristã de Jesus de Nazaré, o Cristo Senhor, o crucificado [ Continue lendo]

Misericórdia como estilo de vida

14 de março de 2016 // 0 Comments

Reproduzimo o texto do Padre Aldo Fernandes, da Diocese de Bragança-PA, sobre a Misericórdia.  Por: Pe. Aldo Fernandes.             Etimologicamente a palavra misericórdia se compõe de miser (miséria) + corde (coração). Isto significa sentir com o coração os sofrimentos e as dores de alguém que sofre suas misérias. Refletir sobre a Misericórdia nos fascina com apelo vocacional e missionário: assim como Deus tem misericórdia, tem pena de nós, por sermos fracos e pecadores, igualmente deve ser nossa atitude com relação aos nossos irmãos, em especial os mais fracos. [ Continue lendo]

Oração: um caminho, uma tradição.

30 de janeiro de 2016 // 0 Comments

A oração é uma necessidade da alma. Assim como o corpo necessita de alimento para sua sobrevivência, do mesmo modo a alma precisa da oração.             Pela oração a vida se torna suportável quando os conflitos, decepções e dores do cotidiano aparecem. Orar é um ato de fé, mas também de humildade e esperança – porque expomos nossas fraquezas, nossa pobreza, limitações e utopias.             Ao orar não estamos sós, mas pelo contrário estamos em intima comunhão conosco mesmos e com a suprema divindade. Por isso, a oração é sempre comunhão e [ Continue lendo]

O mundo que eu quis

16 de janeiro de 2016 // 0 Comments

Em tempos de Campanha da Fraternidade: Casa Comum – nossa responsabilidade – compartilhamos esse vídeo que em muito pode nos inspirar bons encontros e reflexões na catequese, nos encontros de jovens, etc.   O mundo que eu quis Não é esta aí a natureza que eu quis, que tomba indefesa, perdendo a beleza, trazendo a tristeza na terra que eu fiz. Não é esta aí a terra que eu quis, desfeita em pedaços por grandes ricaços, por mãos criminosas do homem que eu fiz. Não é este aí o homem que eu quis, que vive oprimido, que anda perdido, que cai abatido no mundo que eu [ Continue lendo]

Antigênesis

11 de janeiro de 2016 // 0 Comments

Nesse tempo da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016, repassamos a vocês o texto publicado pelo site do CESEEP. É um texto excelente para trabalhar na Catequese, grupos de jovens, movimento de evangelização, momentos de espiritualidade, grupos de reflexão e debate, etc. Leia, curta, recomende. Boa meditação. “…Ao final dos tempos existia a terra, rica e formosa. O ser humano viveu nos campos e nas pradarias com as árvores da terra. Disse: ‘Façamos nossas residências nestes lugares tão bonitos’ E construiu, pois, cidades de cimento armado e de aço. E as pradarias [ Continue lendo]

A cada ano: novo recomeço.

1 de janeiro de 2016 // 1 Comment

A cada ano, nos vemos diante de nós mesmos frente ao tempo que se foi, mas que também, simultaneamente chega à nossa frente com sonhos, promessas, presságios e um suspiro da alma por um novo recomeço. Sentimentos, ideias, pensamentos pululam dentro de nós com força e energias de positividade. Ao passar dos dias vamos nos dando conta de que, de certa forma, quase tudo se repete, não com a mesma intensidade que antes, ou talvez quem sabe, até com maior intensidade, de modo que nos leva para a frente ou empurra para trás forçando novas estratégias, como se já tivéssemos visto este [ Continue lendo]

Natal das Comunidades 2015

20 de dezembro de 2015 // 0 Comments

Realizou-se neste domingo 20/12 no Santuário das Comunidades, mas uma edição do ‘ Natal das Comunidades’, com a presença das dioceses de Caruaru, Garanhuns e Pesqueira. O tema deste ano foi embalado pelo grito da justiça, de vida digna, de respeito pela natureza, para com a Terra. “Natal: vida que nasce do cuidado” foi a reflexão que ressuou pelos grupos, nas famílias, voltando o nosso olhar coletivo e pessoal para com o cuidado com a Terra, com a Natureza, com a Sociedade, com a Política e com a Fé. Assim, nesta 35ª edição do evento natalino, nossas [ Continue lendo]

CNBB e as Comunidades Quilombolas: Documento 105.

12 de dezembro de 2015 // 0 Comments

  Representantes das Comunidades Quilombolas dos Estados que compõe o Regional Nordeste 2 da CNBB, estiveram reunidos em Caruaru-PE, no Santuário das Comunidades. O encontro contou com a participação de pessoas vindas das cidades de Varzea, Guarabira e Patos na Paraíba; de Lagoa dos Gatos, Caruaru, e Garanhuns do Estado de Pernambuco; da cidade de Caicó no Rio Grande do Norte; de Palmeira dos Índios em Alagoas, juntamente com o pessoal do Setor Social da CNBB-NE2; o Pe. Ari Reis – Assessor nacional das Pastorais Sociais da CNBB; e Dom José Luis Ferreira Salles, CSsR, bispo de [ Continue lendo]

Imaculada Conceição

8 de dezembro de 2015 // 0 Comments

A Imaculada Conceição é, segundo o dogma católico, a concepção da Virgem Maria sem mancha (em latim, macula ) do pecado original. O dogma diz que, desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada por Deus, da falta de graça santificante que aflige a humanidade, porque ela estava cheia de graça divina. Também professa que a Virgem Maria viveu uma vida completamente livre de pecado. A festa da Imaculada Conceição, comemorada em 8 de dezembro, foi definida como uma festa universal em 28 de Fevereiro de 1476 pelo Papa Sisto IV. A Imaculada Conceição foi [ Continue lendo]

Pacto das Catacumbas

18 de novembro de 2015 // 0 Comments

Esse vídeo da Verbo Filmes contém testemunho daqueles que viveram o Pacto das Catacumbas durante o Concílio Vaticano II. Vale apena conferir esse momento lindo que no século XX foi a inspiração da Igreja [ Continue lendo]

Os Símbolos dos Quatro Evangelhos

29 de setembro de 2015 // 1 Comment

Como foram atribuídos os símbolos dos quatro Evangelhos? A arte cristã sempre representou cada evangelista por um ser vivente: São Mateus é simbolizado por um homem; São Marcos, por um leão; São Lucas, por um touro; e São João, por uma águia. O fundamento desses ícones é bíblico. O livro do Apocalipse de São João, por exemplo, traz a visão de quatro seres viventes que rendiam glória a Deus: “O primeiro animal vivo assemelhava-se a um leão; o segundo, a um touro; o terceiro tinha um rosto como o de um homem; e o quarto era semelhante a uma águia em pleno voo. (…) Não [ Continue lendo]

Jesus: homem.

13 de setembro de 2015 // 1 Comment

Caro internauta, Jesus é Deus, confessa a Igreja. Mas, para chegar a essa confissão de fé foi um longo processo. Os livros dos evangelhos nos dão testemunho desse processo. Neste artigo, tecemos uma pequena reflexão nesse sentido: Jesus humano que traz consigo um mistério: Deus. Ele é da parte de Deus. É Deus mesmo em forma humana, o mais perfeito dos humanos. Senão, vejamos! Segundo os evangelhos sinóticos, quando Jesus apareceu no palco da história, já era adulto, homem feito (cf. Mt 3, 13; Mc 1, 9; Lc 3,19-22s), mas não só isso, Jesus se apresenta como todo bom judeu, um [ Continue lendo]

Evangelho de João: místico e espiritual.

24 de agosto de 2015 // 0 Comments

            Este ano de 2015 a Igreja propõe para o Mês da Bíblia (Setembro) a leitura, meditação e estudo do evangelho de João. O pano de fundo para esta proposta de leitura é o discipulado e a missão na perspectiva do Projeto de Evangelização “O Brasil na missão continental” – projeto esse que nos põe toda a Igreja em estado de missão segundo a realidade e contexto atual onde a mesma está inserida. Diante das intempéries da sociedade e um “Jesus” água com açúcar que tem muito por aí, como Igreja, somos interpelados a dar testemunho de Jesus de [ Continue lendo]

Os 10 Mandamentos. E aí vai encarar?

21 de agosto de 2015 // 0 Comments

Que legal! Apresentamos a você algumas linhas sobre os Mandamentos. Eles existem a mais de quatro mil anos e continuam valendo ainda hoje. Atualmente temos duas versões, mas que, no geral seu conteúdo é o mesmo. Por gentileza os confira em Êxodo 20,1-21a segundo livro da Bíblia Sagrada e no Catecismo da Igreja Católica. Leu? Então, você percebeu que eles são tanto para serem vividos individualmente como coletivamente e socialmente. Viu que neles está a base da religião, da família, da sociedade e da pessoa. Também viu que seus frutos são vida e trazem vida boa, graça, [ Continue lendo]

Tribunais Eclesiáticos: O que são? Para que servem?

18 de agosto de 2015 // 0 Comments

Bíblia e Catequese: Respondendo aos internautas que nos pediram uma palavra sobre os Tribunais e Instâncias da Igreja Católica, querendo saber o que são e para que servem, bem como, onde encontrar tais órgãos, temos aqui a resposta do Monsenhor José Heleno dos Santos, vigário da Catedral de Nossa Senhora das Dores, em Caruaru, e Vigário Judicial da Diocese. Mons. Heleno: O que são Tribunais Eclesiásticos e quais as Instâncias? Toda Diocese, deve ter o seu Tribunal Eclesiástico, de primeira Instância, onde o Juiz, é o Bispo Diocesano, ou, junto ao mesmo, um padre designado por [ Continue lendo]

O Apocalipse ontem e hoje.

12 de agosto de 2015 // 0 Comments

O livro do Apocalipse enquanto paradigma (referencia) serve-nos de inspiração e esperança em meio as perseguições quando se trata da fidelidade a Jesus de Nazaré. Não é tanto pelo seu conteúdo “profecia” para o “futuro”, não, não se trata disso. É que, como foi escrito em contexto de perseguição e para os perseguidos, ele alimenta aquele espirito cuja vida somos levados a assumir até as últimas consequências quando se trata do seguimento e testemunho de Jesus, em meio a situações adversas de injustiças e opressão, e de supressão do direito à vida e a dignidade [ Continue lendo]

Creio em Jesus Cristo.

8 de julho de 2015 // 1 Comment

            Neste artigo queremos nos dirigir a você que busca algo básico sobre o “conhecimento de Jesus Cristo” como nos diz o apostolo Paulo. De fato, Jesus é de Deus, a segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Dele nos fala muitos textos das Sagradas Escrituras.  Para uma pessoa que está em busca de o conhecer mais, de modo que deseja dá o seu sim por toda vida, dando testemunho de Jesus, é preciso que saiba pelo menos, o mínimo sobre Ele. Principalmente se você está  se preparando para receber o Sacramento da Crisma. Hoje, são muitas as pessoas que sabem da vida [ Continue lendo]

Apocalipse – II: Conteúdo do livro.

13 de junho de 2015 // 0 Comments

  Após nossa introdução ao livro do Apocalipse (Apocalipse -I), apresentamos agora, de modo geral, o conteúdo do livro. Nesse artigo, nos valemos da obra do autor renomado Werner Kümmel.             “Depois da introdução no cap. 1, o Apocalipse é dividido em duas partes principais formalmente distintas: os cap. 2 e 3 são palavras de exortação dirigidas à igreja na época do escritor (as chamadas sete cartas); os cap. 4 a 22 revelam o futuro. É esta a segunda parte principal que abrange quase três quartos do livro inteiro e que possui um sentido estritamente [ Continue lendo]

Apocalipse – I: Início de conversa.

10 de junho de 2015 // 1 Comment

Caro leitor, com esse artigo iniciaremos uma série de reflexão e explicação do livro do Apocalipse, atendendo assim, as muitas solicitações de nossos leitores e internautas.                 Para muitos de nós, o livro do Apocalipse, é cheio de surpresas. Nele está contido o fim do mundo; ele descreve um futuro sombrio, de medo, de tragédia, de dor, de sofrimento, de destruição e morte. É o que muitos afirmam após uma leitura superficial ao pé da letra. É um livro terrível que se impõe com autoridade (não mudará uma virgula do que está escrito…e ai de [ Continue lendo]
1 2 3 7