Novidades

catequista

Catequista de ocasião

Por: Sebastião Catequista A catequese é a educação da fé. Isto é, a ação da Igreja para que o fiel adquira o desenvolvimento pleno da fé que professa. É o conjunto de ações que permite dentro de um processo, o fiel conhecer, aprofundar, amar, viver, celebrar e testemunhar a fé professada pela Igreja. O catequista é aquela pessoa que, identificada com essa ação, por força do batismo e pela necessidade da Igreja, assume essa tarefa de forma permanente ou temporária em sua comunidade. Assim, o DNC (Diretório Nacional de Catequese) em seus parágrafos 237; 241 a 245, identifica [ Continue lendo]

A fé cristã e a catequese

Por: Sebastião Catequista A catequese é uma ação eclesial que tem por finalidade educar seus fiéis na fé. Catequese é a educação da fé. Em que consiste essa educação? Para responder a essa pergunta uma outra se impõe: o que é fé? A fé de um ponto de vista comum é uma atitude; aquela atitude “insignt” que de um momento para outro tem o “poder” de transformar algo, alguém ou uma situação de quase-morte para vida; de uma realidade adversa em uma realidade favorável. É um momento único, um instante que pode mudar rumos. De outro modo, a fé também [ Continue lendo]

A educação da fé

Por: Sebastião Catequista Todos nós sabemos que na Igreja a catequese é o processo pelo qual o cristão é educado na fé. A catequese é a educação da fé. Essa educação acontece mediante um processo pessoal e comunitário de modo sistemático progressivo, ordenado e permanente onde há assimilação de conteúdos (cf. DNC 233); vivência dos mesmos através dos momentos celebrativos; do engajamento em atividades eclesial; e o testemunho no mundo onde vivemos e convivemos (em casa, no trabalho, na escola, na praça, na rua…) fazendo assim, uma experiência concreta da fé que [ Continue lendo]

Pedagogia catequética: nossas práticas cotidianas

Por Sebastião Catequista Todo ano, nós que fazemos a Catequese planejamos, nos preparamos e damos início as atividades catequéticas junto aos nossos catequizandos. Em nossos planejamentos (re) elaboramos os temas e conteúdos de nossos encontros, passeios, momentos orantes, pensamos a vivência dos tempos fortes da vida eclesial e, nos preocupamos com alguns detalhes cotidianos: músicas, dinâmicas, material didático a serem usados, instrumentos que facilitam os trabalhos como por exemplo, os aparelhos modernos (iPhone, Smartphone, Tablet, projetor, TV, redes sociais), etc. Tudo isso é [ Continue lendo]

Reunião de pais e mestres?

É preocupação para os catequistas e coordenação de catequese a reunião com os pais dos catequizandos. Geralmente se tem a ideia de que é uma reunião como “reunião de pais mestres” colegial. Não é bem assim, uma reunião de catequistas com os pais dos seus catequizandos não é e nem deveria ser uma reunião de pais e mestres. Motivo: catequistas não são professores e nem dão “aula” de uma matéria singular. São, isso sim, facilitadores e pregadores da palavra. Suas reuniões não são aula (ainda que se dê a entender assim), mas encontro, onde o Senhor [ Continue lendo]

Ser Catequista

Agosto é mês dedicado às vocações na vida dinâmica pastoral e litúrgica da Igreja no Brasil. Com esse tema/mês, somos chamados a refletir nossa vocação enquanto ser humano e cristãos batizados. Sim, vocação é chamado. Chamado para executar uma tarefa específica que nos envolve todo ser, o tempo todo, todo tempo. Com ela, somos tomados existencialmente, dando muitas vezes novo significado as nossas vidas. Mas, quem nos chama e para que? Quem nos chama é Deus e para algo específico. Mas, como o faz? Como sabemos que é ele que nos chama? Ele o faz de muitos modos: através de [ Continue lendo]

Como faço para “Fazer um encontro de Catequese”?

 Volta e meia, nos encontros de formação dos catequistas, nos deparamos com perguntas onde está evidente uma questão pedagógica e metodológica: como fazer o encontro de catequese com os meus catequizandos? Dai, entendo que tanto os iniciantes como os veteranos têm dificuldades de aplicar o método de interação fé e vida, e desconhecem a prática do ensino. É claro que catequistas não são professores e não precisam necessariamente ter formação ou ser formado em pedagogia ou magistério, e nem deveriam, uma vez que, na catequese, apesar de haver transmissão de conhecimentos, [ Continue lendo]

O Catequista de Adulto e Sua formação pessoal.

            O catequista de adulto é um agente da Catequese e por conseqüência da Igreja. Então, quando ele fala, ensina, o faz em nome da Igreja. Ele não é catequista para si mesmo. Ele é catequista da Igreja. Seu ministério exerce por envio da Igreja. Por isso, por ela deve ser preparado para o ministério que exerce. Isto significa que, o catequista de adulto deve se preparar, conhecer a realidade do seu catequizando, deve conhecer o conteúdo com o qual trabalha e saber usá-lo, deve conhecer sua ferramenta de trabalho. Deve conhecer também as aspirações dos homens e [ Continue lendo]