Novidades

natal

Natal das Comunidades 2015

Realizou-se neste domingo 20/12 no Santuário das Comunidades, mas uma edição do ‘ Natal das Comunidades’, com a presença das dioceses de Caruaru, Garanhuns e Pesqueira. O tema deste ano foi embalado pelo grito da justiça, de vida digna, de respeito pela natureza, para com a Terra. “Natal: vida que nasce do cuidado” foi a reflexão que ressuou pelos grupos, nas famílias, voltando o nosso olhar coletivo e pessoal para com o cuidado com a Terra, com a Natureza, com a Sociedade, com a Política e com a Fé. Assim, nesta 35ª edição do evento natalino, nossas [ Continue lendo]

Eis que Javé mesmo lhe dará um sinal.

            Amigo internauta convido você a contemplar o sinal de Deus: uma jovem gravida. Isso mesmo! É o que nos diz o texto de Isaias 7,14s: “Pois saibam que Javé mesmo lhes dará um sinal: A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.” (Tradução da NBP- Paulus). Esse texto não se aplica a Maria dentro de uma leitura judaica das Escrituras, mas os cristãos viram no texto uma profecia mariana e jusuânica. Na leitura de perspectiva cristã, essa jovem é Maria. O texto citado no Novo Testamento fala de “uma virgem” no lugar de “uma [ Continue lendo]

Maria, esposa de José

Caro internauta, após alguns artigos sobre Maria, conforme os textos bíblicos e memória das primeiras comunidades cristãs, com este artigo, trago à contemplação dos olhos e sentidos a pessoa de José e sua relação com Maria. Dele, o texto bíblico nos dá testemunho do que ficou na memória das comunidades: um homem justo (Cf. Mateus 1-2; Lucas 2). No contexto da história de Maria narrada pelos evangelistas, sendo ela quase mãe solteira, engravidando antes do casamento, conforme as leis e costumes da época, o que significa dizer que José é justo? Justo é o judeu que cumpre a [ Continue lendo]

Das Cartas de Santo Atanásio, bispo

(Epist. Ad Epictetum, 5-9; PG 26, 1058. 1062-1066)(Séc. IV) O Verbo assumiu nossa natureza no seio de Maria O Verbo de Deus veio em auxílio da descendência de Abraão, como diz o Apóstolo. Por isso devia fazer-se em tudo semelhante aos irmãos (Hb 2,16-17) e assumir um corpo semelhante ao nosso. Eis por que Maria está verdadeiramente presente neste mistério; foi dela que o Verbo assumiu, como próprio, aquele corpo que havia de oferecer por nós. A Sagrada Escritura, recordando este nascimento, diz: Envolveu-o em panos (Lc 2,7); proclama felizes os seios que o amamentaram e fala também [ Continue lendo]

O Mistério da Encarnação. Natal: O Sol nascente veio nos visitar.

O mistério da Encarnação: Deus se tornou humano assumindo nossa pobreza. “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós e nós vimos a sua glória.” (cf. Jô 1,14a) Eis o grande  testemunho incontestável da fé cristã. Deus, a suprema divindade, se esvazia de Si, deixa o seu “habitat” e assume a condição finita e humana para está conosco. Porque o fez e que conseqüências sobreveio à natureza de toda a criação? Porque o fez é um mistério que só se alcança com a fé ainda que não de todo esclarecido; as conseqüências estão na história e no cotidiano [ Continue lendo]

Desnatalizando o Natal.

Na época do natal o ambiente muda. Na rua, na praça, no comercio, em casa, nas igrejas, há um ar diferente. Mensagens por todos os cantos ressoa aspirações, sonhos, desejos e concretizações. As pessoas parecem estar mais acessível, sensível, fraternas e um espírito se espalha tomando conta de todos. Gestos, brindes, presentes, músicas, comidas, roupas, dão um toque especial e diferente. O consumismo está em alta, pois as motivações são muitas, mas tem único e mesmo endereço: é natal. Data simbólica mais que realidade histórica, mexe com o imaginário e a fantasia das [ Continue lendo]