Novidades

bíblia

Creio em Jesus Cristo.

            Neste artigo queremos nos dirigir a você que busca algo básico sobre o “conhecimento de Jesus Cristo” como nos diz o apostolo Paulo. De fato, Jesus é de Deus, a segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Dele nos fala muitos textos das Sagradas Escrituras.  Para uma pessoa que está em busca de o conhecer mais, de modo que deseja dá o seu sim por toda vida, dando testemunho de Jesus, é preciso que saiba pelo menos, o mínimo sobre Ele. Principalmente se você está  se preparando para receber o Sacramento da Crisma. Hoje, são muitas as pessoas que sabem da vida [ Continue lendo]

Apocalipse – II: Conteúdo do livro.

  Após nossa introdução ao livro do Apocalipse (Apocalipse -I), apresentamos agora, de modo geral, o conteúdo do livro. Nesse artigo, nos valemos da obra do autor renomado Werner Kümmel.             “Depois da introdução no cap. 1, o Apocalipse é dividido em duas partes principais formalmente distintas: os cap. 2 e 3 são palavras de exortação dirigidas à igreja na época do escritor (as chamadas sete cartas); os cap. 4 a 22 revelam o futuro. É esta a segunda parte principal que abrange quase três quartos do livro inteiro e que possui um sentido estritamente [ Continue lendo]

Apocalipse – I: Início de conversa.

Caro leitor, com esse artigo iniciaremos uma série de reflexão e explicação do livro do Apocalipse, atendendo assim, as muitas solicitações de nossos leitores e internautas.                 Para muitos de nós, o livro do Apocalipse, é cheio de surpresas. Nele está contido o fim do mundo; ele descreve um futuro sombrio, de medo, de tragédia, de dor, de sofrimento, de destruição e morte. É o que muitos afirmam após uma leitura superficial ao pé da letra. É um livro terrível que se impõe com autoridade (não mudará uma virgula do que está escrito…e ai de [ Continue lendo]

Evangelho de São Mateus

Por: Narciso Neves de Farias, teólogo e biblista* Autor, Obra, data, Comunidades O texto foi escrito entre os anos 70-90. Segundo R. A. Monasterio, os evangelhos  são escritos anônimos que foram reunidos no início do II século. O título (kata) segundo  o evangelista Mateus vem da época em que os escritos foram reunidos, pois, inicialmente, os autores não deram nenhum título (p. 17, 2006).  O trabalho de transcrição e tradução do texto teve continuidade pelos séculos, dentro de um processo complexo de transmissão da tradição, chegando-se no século XVI a se deparar com [ Continue lendo]

Parábolas

             Parábolas são histórias, comparações. É um gênero, uma forma de contar algo, passar uma mensagem de modo simples e profundo para além da aparência do que está sendo contado, dito.             Jesus contou parábolas. Ele é por excelência o mestre das parábolas e suas parábolas falam da vida, do reino, do amor, do julgamento, da misericórdia, de Deus, da palavra, dos que rejeitam ou aceitam essa palavra. Elas são práticas, fáceis e de um significado profundo.             Para nossos internautas, crismandos e ouvintes dos cursos [ Continue lendo]

Nova Bíblia Pastoral

            Este ano foi publicada a mais nova Bíblia católica com rosto latino-americano bem brasileiro se assim se pode falar. Estou falando da Nova Bíblia Pastoral.             Nova porque não é uma atualização da anterior e nem mesmo um reformulação, mas, como disse seus autores em sua apresentação, é uma nova edição, em todos os sentidos. E o que traz essa nova edição?             Após averiguar de modo eufórico, folhear suas páginas, ler notas, introduções, ver as configurações das seções, subseções, capítulos e versículos e [ Continue lendo]

O uso da Bíblia, Palavra de Deus.

“ A palavra de Javé foi dirigida a…” Jn 1,1a “Fala, Senhor, que teu servo escuta” 1Sm 3,10c.             Deus fala, fala sempre! Ele se comunica conosco através dos meios que melhor possamos compreender. Dos muitos meios, um tem a sua predileção: a palavra. É claro que nem sempre a entendemos, por muitas barreiras que pomos em nossa relação com Deus, e por estarmos sempre buscando viver uma cultura que cada dia mais deixa o sagrado a margem de si mesma. Desse modo não estamos/temos o costume de ouvir e decodificar a palavra no cotidiano de nossas vidas de [ Continue lendo]

Evangelho de Mateus

Neste artigo, trazemos alguns elementos e informações para ajudar na leitura do evangelho de Mateus contextualizado. Boa leitura. Mateus e seu Evangelho Mateus também conhecido por Levi (9,9; Mc 2,14; Lc 5,27-29) é cobrador de impostos, considerado pelos fariseus e doutores como pecador. Seu nome em hebraico significa: “Dom de Deus”. Com este significado entendemos que a comunidade é um dom de Deus para os pobres, perseguidos, humilhados, doentes, pecadores e marginalizados. Mateus escreveu seu Evangelho lá pelos anos 85/90 d.C, quando as comunidades enfrentavam dificuldades de [ Continue lendo]

Curiosidades bíblica

Duração de tempo em que foi escrita a Bíblia: O processo de escrita da Bíblia passou mais de 1.000 anos. Sendo que 1.000 anos foram para o Primeiro Testamento e; 100 para o Segundo Testamento. Geralmente o processo aconteceu assim: o fato acontece; é transmitido de boca em boca por tradição oral; espalha-se por vários grupos e lugares diversos; é celebrado e só depois é fixado por [ Continue lendo]

Tabela de Estudo Bíblico: Primeiro Testamento

Pessoal, está aqui a tabela de estudos bíblicos para uma leitura iniciante. É um resumo do resumo que nos mostra o caminho, história e personagens nos livros do Pentateuco e nos livros Históricos. Algo básico. Olhando a tabela se tem uma noção do caminho a [ Continue lendo]

Leitura Bíblica e Cientifica

Nos últimos anos, principalmente depois do concilio Vaticano II, as ciências avançaram. Elas, de forma formidável, têm contribuído para uma leitura madura, histórica e elucidativa dos textos bíblicos. Essa contribuição tem ajudado a entender principalmente textos onde é difícil e escorregadia uma interpretação de forma contundente. É interessante, por exemplo, como podemos recompor (não totalmente cem por cento) a história do povo passo a passo casando as informações da ciência e do texto bíblico, criando de forma dinâmica novos paradigmas de interpretação. E, ainda, [ Continue lendo]

Êxodo: a travessia passo a passo, o caminho se faz!

“Êxodo significa saída. O tema do êxodo possui profundo sentido teológico, pois revela que o Senhor é o personagem central da história. Ele está presente nos acontecimentos como libertador que supera o poderoso concorrente, o faraó do Egito. Qual a época histórica do êxodo do Egito? Calcula-se que ele ocorreu por volta de 1250 a.C, durante o domínio do poderoso faraó Ramsés II que reinou por 67 anos. Houve, na verdade, vários êxodos. Um grupo foi expulso (cf. Ex 13,17), outros fugiram (cf. Ex 14,15). O êxodo do grupo que saiu sob liderança de Moisés foi o mais importante [ Continue lendo]

A idade dos personagens bíblicos

Com este artigo apresentamos uma explicação sobre a idade dos personagens da Bíblia. Leia! Os textos: Em Gn 5,3. Temos que: – “Adão [viveu] cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e pôs-lhe o nome de Sete. Em Gn 5, 5 “Todos os dias que Adão [viveu] foram novecentos e trinta anos; e morreu.” Em Gn 5, 6 “Sete [viveu] cento e cinco anos, e gerou a Enos”. Sendo que: “Todos os dias de Sete foram novecentos e doze anos; e [morreu]” (Gn 5,8). Em Gn 5,9 “Enos [viveu] noventa anos, e gerou a Quenã”, sendo que:” [Viveu] Enos, [ Continue lendo]

Período Grego do Antigo Testamento

Introdução Esse período é marcado pela dominação grega. Foi com Alexandre Magno, o macedônio, que se deu a conquista. Ele, desde 333 a.C conquista a Ásia Menor, Síria, Tiro, Gaza, o Egito (332 a.C), a Pérsia (331 a.C) e chega até o vale do rio Indo (330-326 a.C).             Segundo os historiadores, Alexandre foi aluno de Aristóteles, o filosofo. Foi responsável pela guarda do exercito de seu pai. Estudou geografia, artes, matemática, filosofia, etc. Quando seu pai morreu assumiu o trono e traçou o plano de conquista (1Mc 1,3). Após 12 anos de lutas venceu o [ Continue lendo]

Exílio da Babilônia

Exílio em Babilônia, Cativeiro em Babilônia ou Exílio Babilônico é o nome geralmente usado para designar a deportação em massa e exílio dos judeus do antigo Reino de Judá para a Babilônia por Nabucodonosor II. Este período histórico foi marcado pela atividade dos profetas do Antigo Testamento, Jeremias, Ezequiel e Daniel. A primeira deportação teve início em 598 a.C.. Jerusalém é sitiada e o jovem Joaquim, Rei de Judá, rende-se voluntariamente. O Templo de Jerusalém é parcialmente saqueado e uma grande parte da nobreza, os oficiais militares e artífices, inclusive o Rei, [ Continue lendo]

Período dos Juízes e Reis: O projeto igualitário das tribos e o início da monarquia

A formação das tribos             A formação de Israel como povo, nasceu da experiência do Êxodo, seguida da posse da terra de Canaã. Essa experiência foi fruto de uma parceria entre Javé libertador e o povo oprimido. Ele fez uma Aliança com o povo: “Eu serei o teu Deus e tu serás o meu povo”. Na grande Assembléia de Siquém (Js 24) o povo celebra e assume a Aliança de Javé, fazendo memória do seu passado, quando Moisés conduzia com os anciãos, as mulheres e Josué o processo da libertação realizada por Javé. Em Siquém as tribos (12 Comunidades) assumiram [ Continue lendo]

O Nome de Deus

Em Êxodo 3, Deus se manifesta revelando a Moises o seu nome: Javé (Yahweh). Esse nome é rico em significado, no contexto em que está sendo revelado. Vejamos o tecido do texto: Êxodo 3,1-15.   Ex 3,7…………… Eu vi a miséria do meu povo. Ex 3,7…………… Ouvi  o seu clamor. Ex 3,7…………… Conheço o seu sofrimento. Ex 3,8…………… Desci para libertá-lo. Ex 3,10…………. Eu envio você para tirar o meu povo do Egito. Ex 3,12…………. Eu [ Continue lendo]

Como faço para entender a Bíblia?

Nos encontros bíblicos que acontecem por ai, volta e meia, sempre nos deparamos com alguém perguntando: como faço para entender a bíblia?  Aparentemente não é uma pergunta fácil de responder. É preciso um conjunto de informações, de conhecimentos de diversas áreas (cultural, histórico, linguístico, filosófico, teológico, hermenêutico, geográfico, antropológico, religioso…) da ciência, de métodos e passos a ser seguidos. Mas, tudo isso, a partir de um ponto de vista refinado, com outros objetivos próprios. Porém, todavia, entretanto, no contexto da vida cotidiana, [ Continue lendo]