Novidades

missão

Lc 4,18-19. O programa de Jesus – III: “Eu vim para dar vista aos cegos”

Por: Padre Guilherme Gomes* “Eu vim para dar vista aos cegos”, acrescentou Jesus em seu discurso de auto apresentação na sinagoga de Nazaré. Devolver a vista aos cegos, para Ele, não significa simplesmente sua capacidade de recuperar cegos do ponto de vista puramente físico como no caso dos cegos de Jericó (cf. Mt 20,29-34) mas, sobretudo, a cegueira da mente, a cegueira espiritual que é mais grave e perigosa que a cegueira física. Foi que ela arrancou dos lábios de Jesus esta expressão contundente contra os fariseus: “Jesus disse então: “É para um julgamento que eu vim a [ Continue lendo]

Lc 4,18-19. O programa de Jesus – II: Anunciar aos cativos à libertação

Por: Padre Guilherme Gomes* Anunciar aos cativos à libertação (Cf. Lc 4, 18); eis o segundo objetivo da vinda de Jesus ao mundo. Mas o que significa estar preso? No nosso entender comum é estar retido em um presidio, ou campo de concentração, sempre por ordem de alguém, como o vencedor de uma guerra ou autoridade agindo em nome de uma sociedade que ela representa no ato da punição. Noutras palavras é alguém que perdeu a liberdade ficando nas garras do inimigo ou nas garras da lei. Em sentindo mais abrangente é alguém preso a um tipo de situação que não condiz com a dignidade [ Continue lendo]

Lc 4,18-19. O programa de Jesus – I: Evangelizar os pobres

Por: Padre Guilherme Gomes* Logo ao iniciar seu trabalho missionário entre nós, Jesus declarou solenemente, em Nazaré da Galileia a que veio. Citou os cinco itens do seu trabalho conforme já estava previsto pelo profeta Isaías: Evangelizar os pobres, anunciar a libertação aos cativos, a recuperação da vista dos cegos, libertar os oprimidos e proclamar um ano de graça do Senhor (Cf. Lc 4, 18-19; Is 61, 1-4). Comento hoje o primeiro item: O que quer Jesus dizer ao falar evangelizar os pobres? Ele veio dizer: Animem-se, pois chegou à solução para vocês. Para vocês, os pobres nos [ Continue lendo]

Catequista de ocasião

Por: Sebastião Catequista A catequese é a educação da fé. Isto é, a ação da Igreja para que o fiel adquira o desenvolvimento pleno da fé que professa. É o conjunto de ações que permite dentro de um processo, o fiel conhecer, aprofundar, amar, viver, celebrar e testemunhar a fé professada pela Igreja. O catequista é aquela pessoa que, identificada com essa ação, por força do batismo e pela necessidade da Igreja, assume essa tarefa de forma permanente ou temporária em sua comunidade. Assim, o DNC (Diretório Nacional de Catequese) em seus parágrafos 237; 241 a 245, identifica [ Continue lendo]