Novidades

Ave Cheia de Graça!

mariaaveEm todos os recantos do Brasil se houve um refrão bíblico, da saudação do anjo Gabriel e cantado pelos cristãos de hoje: “Ave cheia de graça” e como que, numa só voz se houve uníssono um balbuciar do coração devoto: “Ave cheia de amor, salve ó mãe de Jesus, a ti nosso canto e nosso louvor” É o canto que se entoa nas comunidades cristãs de base.

Tal canto evoca o que muitas vezes já o dissemos aqui: Maria é mãe cheia de graça; e o é, não por sua própria vontade, mas por iniciativa de Deus, mediante o “Sim” dela ao seu projeto de salvação. Por isso que todas as gerações lhe canta louvores. E o fundamento do seu canto é muito simples: Maria é a escolhida!

Sua escolha lhe rendeu graça sobre graça e que para nós é motivo de salvação: Jesus. Por isso, ao cair da tarde, a Igreja entoa seu canto, o Magnificat, elevando a Deus sua gratidão por tão grande misericórdia derramada sobre o povo, no Sim de Maria.

Como cristãos de matriz católica, não cansamos de cantar e de venerar amorosamente aquela que por nós fez grandes coisa. Por isso, que nosso canto é feito de amor, gratidão e veneração. É coisa do coração, quem não entende não adianta explicar, só experimentado para compreender. Um devoto sabe do que estou falando. E você? Que lugar Maria ocupa no seu ponto de vista?

Dos humanos e humanas, não há maior e mais próxima de Deus, depois de Jesus, só Maria. Maria de Nazaré!

Deixe uma resposta