Novidades

A ressurreição de Jesus

Série de Textos de Estudos Bíblico 10ª Texto: A ressurreição de Jesus

A ressurreição de Jesus é o ato fundante da fé cristã. A partir dos textos de Marcos 16, 1-8; Lucas 24,13-35; 1Coríntios 15,1-28. Tecemos essas linhas de reflexão para os grupos de jovens, de crisma, de evangelização, de círculos bíblicos, aprofundarem o tema.

A ressurreição de Jesus

Contextualizando

            A ressurreição de Jesus é um dado de fé. Jesus ressuscitou – essa é a afirmação convicta da fé cristã. Através da ressurreição de Jesus podemos compreender o sentido da vida que Ele é.

            Na história humana não há afirmação mais revolucionaria que esta. Nada na história da existência ultrapassa a novidade da ressurreição enquanto mistério de fé e de sentido da vida e reveladora da eterna existência.

            Jesus ressuscitado é o modelo do homem e da mulher nova na nova realidade escatológica que está por vir. Eis a fé da Igreja.

            E essa fé nos diferencia de qualquer grupo ou sistema religioso existente na história humana. Porque em última análise não se trata de religião, ou na crença de um Deus, ou qual a religião é a mais certa ou verdadeira, mas sim, se trata do destino humano e de tudo criado. Dizendo de outro modo: se trata do sentido último de tudo criado e existente. E esse sentido nos foi revelado pela fé em Jesus de Nazaré. O Cristo, Senhor.

            Por isso que a ressurreição mais de que uma “crença” qualquer é um dado de fé.

            Não se pode provar a ressurreição porque ela não está no plano histórico e da razão, mas sim no plano dos sentidos e da fé. Sabemos de sua “existência” pelo acontecido com Jesus terreno e que viveu num tempo determinado, no lugar e cultura determinada em nosso planeta. Sabemos da ressurreição pelas testemunhas oculares que viram ao Senhor ressuscitado e pelo testemunho e zelo de muitos que mudaram suas vidas e encontraram sentido em sua existência a partir da pregação de tantas outras testemunhas. Sabemos da ressurreição pelo “movimento” derivado dessa fé que como pequenino “grão de mostarda” modificou visceralmente a História humana do planeta de todos os tempos. Sabemos da ressurreição pela “revelação” do Espírito na vida e na fé do crente, que dá testemunho dessa mesma fé.

            A ressurreição não se prova por “olho nú” mas, pela fé que faz enxergar e encarar a vida sob nova ótica.

            Assim, Jesus ressuscitado, o Senhor vivo e glorioso, se tornou um divisor de águas na trajetória da existência de tudo criado. E isso foge à compreensão e da índole da ciência e da razão.  É fé.

Para aprofundar

  1. Como você entendeu a ideia da ressurreição e seu significado?
  2. Como são Paulo entende no texto acima o crer e não crer na ressurreição? Porque?
  3. Procure conhecer e saber a diferença e semelhança entre ressurreição e reencarnação.
  4. Rezar 1 Colossenses 1,12-20.

Deixe uma resposta