Novidades

gênesis

Noé

Os textos de Gênesis 6-9 nos relata a saga de Noé. O enredo é conhecido, por isso não há necessidade de sua narração. O que queremos é tecer algumas linhas de reflexão para proveito espiritual.            Primeiramente, situemos o texto no seu contexto. O texto é provavelmente do século V, a.C, escrito no período exílico ou após ele pelas comunidades exiladas; no texto, há duas tradições javista e sacerdotal, além da mão do redator final; nele está contido elementos e informações muito frágeis cujos elementos possivelmente é de releitura de tradições bem [ Continue lendo]

As Fontes Literárias do Pentateuco

As fontes literárias encontradas no Pentateuco (Gn, Ex, Lv, Nm Dt) segundo Norman K. Gottwald entre outros especialistas, nos informam que são fontes advindas de quatro escolas-situações distintas da história do povo bíblico, e que a partir de um determinado momento foi fundida numa só obra pelo redator (ou redatores) final, dando coesão a séculos de história relidos sob enfoques diferentes, em situações diferentes, chagando a um consenso de modo que deu origem ao texto canônico que hoje temos em nossas mãos. Essas fontes, denominadas segundo os especialistas, sobretudo os [ Continue lendo]

Gênesis 3

            Esse capitulo 3 do Gênesis está provavelmente situado no contexto do período do rei Salomão, no século X a.C. Contudo sua redação e releitura situa-se no período do exílio no século VIII a.C.  Ele é de tradição Javista. Nele encontramos “por trás das palavras”  a situação do povo nas corvéias (escravidão) do grande rei. É uma releitura para responder as seguintes perguntas: De quem é a terra (éden)? Porque fomos expulsos dela? Quem nos enganou e nos fez quebrar a Aliança? Porque sofremos as conseqüências (hoje, longe de casa, violência, [ Continue lendo]

Gênesis de 1 a 11

            Os relatos de Gn 1 a 11 não constituem fatos “históricos”, mas são leituras da historia a partir da fé num contexto de exílio e choques culturais entre o povo de Israel e os povos do Oriente Antigo. Muitos cristãos infantilizados na sua percepção religiosa têm dificuldades para entender a “verdade” quando se deparar com uma leitura contextualizada desses textos, e reagem de modo grosseiro, meio que “protestante”, expondo-se ao ridículo.             Com clareza e abertura de coração meditemos nessas linhas, alguns traços da verdade [ Continue lendo]

A idade dos personagens bíblicos

Com este artigo apresentamos uma explicação sobre a idade dos personagens da Bíblia. Leia! Os textos: Em Gn 5,3. Temos que: – “Adão [viveu] cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e pôs-lhe o nome de Sete. Em Gn 5, 5 “Todos os dias que Adão [viveu] foram novecentos e trinta anos; e morreu.” Em Gn 5, 6 “Sete [viveu] cento e cinco anos, e gerou a Enos”. Sendo que: “Todos os dias de Sete foram novecentos e doze anos; e [morreu]” (Gn 5,8). Em Gn 5,9 “Enos [viveu] noventa anos, e gerou a Quenã”, sendo que:” [Viveu] Enos, [ Continue lendo]

Gênesis 1

O texto de Gênesis 1, segundo a moderna exegese, foi composto por mãos sacerdotais com base nas culturas mais primigênias dos povos do Oriente Antigo. O texto foi tecido no contexto da fé e cultura politeísta em transição, cujo resultado desemboca na fé e tradição monoteísta. Seu enredo é de uma leitura fluente e expressa uma convicção que foi abalada apenas com as descobertas das ciências do século XVIII/XIX. Entretanto, a igreja, após muitos conflitos e contratempos chega a uma reflexão equilibrada e compatível com a reflexão [ Continue lendo]