Novidades

Os ensinamentos de Jesus

Série de Textos de Estudos Bíblico 6ª Texto: Os ensinamentos de Jesus

estudos_biblicosJesus é Mestre. Todos os textos bíblicos mostram isso. Ele ensinou, sabe ensinar e ensina com autoridade. Não fez faculdade, não fez o curso do ensino médio, técnico ou científico, mas sabia e sabia que sabia. Muitos dos seus ouvintes se questionaram: “De onde vem tanta sabedoria?”. E mais, o que ensinava? Do que falava seus ensinamentos? A partir dos textos de Mateus 13,1-9; Marcos 7,14-23; Lucas 6,20-49, tecemos esse texto para o estudo sobre os ensinamentos de Jesus.

Os ensinamentos de Jesus

Jesus andou no meio do povo fazendo o bem. Curou a muitos, perdoou pecados, mostrou a misericórdia de Deus. Mas também Jesus ensinou ao povo. Os evangelhos estão cheios dos ensinamentos de Jesus.

O que Jesus ensinou? Como ensinava?

Jesus ensinava por meio de parábolas (cf. Mt 13, 34-35; Mc 4,33-34) e muitas delas, ele deu explicações somente aos discípulos. E a razão é muito simples: por que eles aderiram a Jesus. Só quem aceitou a Jesus no seu jeito de ser, mudou de vida, compreendeu sua doutrina.

E os ensinamentos de Jesus vai desde o Reino de Deus explicando o que ele é; onde está; o que se faz para entrar nele e quem pode entrar nele (cf. Mt 13; 19,23-26) até o jeito de cada um ser e se comportar.

Assim Jesus ensina sobre o grande mandamento do amor ao próximo como condição de entrar no reino [do céu] (cf. Lc 10, 25-28).

Ensina sobre o que é puro e impuro (cf. Mt 15, 10-20); sobre o tipo de pessoas que recebe a Palavra e o que acontece sobre cada uma delas (cf. Mt 13, 4-9); ensina sobre corrigir, amar e perdoar sempre (cf. Mt 18, 15- 17.21-22); ensina sobre a oração (cf. Mt 6,5-15); ensina sobre a felicidade (bem-aventurados, felizes) para pessoas em situações de risco (cf. Mt 5,1-12); ensina sobre o Espírito Santo (cf. Lc 11,13; Jo 14, 14-17; Lc 12,10); ensina sobre os primeiros lugares e de como ser valorizado (cf. Lc 14,7-11); ensina sobre como Deus é misericordioso (cf. Lc 15, 11-32) e acolhe o pecador arrependido; ensina sobre como deve ser o discípulo no uso do poder fazendo-se servo de todos ao contrário dos ricos e poderosos deste mundo (cf. Mt 20, 24-28); ensina como reconhecer um falso profeta, um falso religioso, um falso discípulo que fala em seu nome (cf. Mt 7, 15-20); ensina como reconhece-lo nos pobres, doentes, marginalizados, excluídos e desprezados (cf. Mt 25,31-46); ensina a confiar em Deus, o Pai (cf. Mt 6,25-34; 7, 7-11).

Entre muitos outros ensinamentos de Jesus há um que define a moral e conduta de todo e qualquer discípulo, depois do amor e do serviço. É a regra de ouro: “Tudo o que você quer que se faça para você, faça você mesmo ao outro” (cf. Mt 7,12).

E tem mais, poderíamos lembrar aqui de grandes outros ensinamentos: o Pão da vida (cf. Jo 6); as Bem-aventuranças (cf. Mt 5,1-13); sobre o Casamento e a consagração ao Reino (cf. Mt 19,1-12); sobre o Julgamento escatológico (cf. Mt 25,31-46); A Misericórdia do Pai (cf. Lc 15); o novo Nascimento (cf. Jo 3); o bom Pastor (cf. Jo 10); sobre a Videira (cf. Jo 15), etc.

Em todos esses ensinamentos encontramos uma postura ética, um jeito de ser e viver a Palavra como “novas criaturas”, entretanto, o que mais encanta no ensinamento de Jesus é Ele mesmo com seu jeito de agir e dos revela o “rosto paterno e materno” de Deus, o Pai, nos amando e nos acolhendo como filhos no Filho.

E será sempre o agir de Jesus com os seus ensinamentos que iluminam nosso agir, qual lâmpadas a iluminar nossos passos.

Para aprofundar

1. Quais os tipos de pessoas que podemos identificar com os “terrenos” da parábola do semeador? Conhece alguém que se enquadre nessa apresentação?

2. O que é ser puro e impuro? Porque?

3. Quais as categorias de pessoas que são bem-aventuradas (felizes)? Porque?

4. Procure ler alguns dos textos acima descritos na contextualização. Veja os que mais lhe despertou a atenção.

5. Procure memorizar alguns dos grandes ensinamentos de Jesus contidos nos últimos parágrafos da contextualização. Afinal de contas, você é discípulos de Jesus – precisa saber o mínimo do mínimo sobre o Mestre. Não é?

Deixe uma resposta